literatura infatil e juvenil de santa catarina

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
magna.art.br

Grafitando Por Aí
VOLTAR
RESENHA

Por Camila Rosilda Vigganigo
Acadêmica do Curso de Pedagogia – UFSC
2014

O livro Grafitando Por Aí, de Cristina Marques, com ilustrações de Rubens Belli, faz parte da coleção Toda Arte. A linguagem da narrativa é simples, contendo algumas gírias e ditados populares.

Conta a história de quatro jovens sonhadores, que acreditavam mudar de vida com a Arte do Grafitismo. Os principais personagens são Jorge, seu irmão Zé Luiz, Fernando, Clóvis e o Senhor Olavo, o pesadelo dessa garotada. Os meninos que acreditavam ser “Artistas das ruas, profetas das imagens, revolucionários da linguagem visual”, tinham o objetivo de levar cores e vida aos muros brancos e sem graça da cidade em que viviam, principalmente ao gigante muro do carrasco do Senhor Olavo, que via essa Arte como “Enfeiura”.

Toda narrativa é escrita em terceira pessoa, discorre sobre a arte de dar cores ao muro do Senhor Olavo e de apagar toda essa obra de arte, seguida de broncas e lições de moral tanto de suas mães quanto do próprio carrasco. Até que os meninos ficam sabendo de um concurso de Grafitismo, que exigia fotos de algum trabalho feito pelo grupo para poder garantir a participação. Assim, na manhã seguinte iniciaram suas “obras-primas” no muro do Senhor Olavo e garantiram a participação. As etapas do concurso foram passando e para continuarem na disputa foram obrigados a “alugar” o tal muro, e com tanto esforço conseguiram o resultado esperado, venceram este e muitos outros concursos, e também o espaço no muro do (ex)carrasco. Por fim, conseguiram abrir uma oficina para ensinar e apresentar o amor por essa Arte de rua, e continuam grafitando por aí.

MARQUES, Cristina. Grafitando por Aí. Ilustração Rubens Belli. Blumenau: Estúdio Criação Bureau, 2010. (Coleção Toda Arte).


AUTORES

Imagens