literatura infatil e juvenil de santa catarina

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
magna.art.br

Macacos na Teia
VOLTAR
RESENHA

Por Maria Laura P. Spengler
Doutora em Educação
Professora UDESC
2020

Macacos na Teia é um livro de Marlete Cardoso, publicado em 2019, com ilustrações de Humberto Soares. Com 40 páginas, a narrativa, escrita com textos rimados, apresenta a história de um macaco que se entediou quando uma ideia sua não foi acatada e, assim, promoveu uma divisão entre o grupo de macacos com os quais convivia.

“Desordeiros e espertos” (CARDOSO, 2019, p. 18), os macacos dissidentes convenciam outros macacos a lhe acompanharem nessa divisão e, para ampliar a briga, distribuíam “meios digitais” (CARDOSO, 2019, p.16) para distrair os outros macacos: “antenas e tudo o mais” (CARDOSO, 2019, p.16). Essa última característica é mostrada nas ilustrações, com macacos hipnotizados na frente de computadores, telas e celulares. Dessa maneira, anestesiados pela tecnologia, ficam alheios aos acontecimentos que os cercam, especialmente os filhotes, que perdiam horas em “jogos e diversão” (CARDOSO, 2019, p. 26). Eles só voltaram a perceber o envolvimento de cada um na teia que protege a floresta e seus moradores, os macacos, quando uma tempestade colocou as antenas abaixo, desligando todos os aparelhos eletrônicos.

As ilustrações de Humberto Soares, que ocupam as páginas duplas, dão à composição a condição de livro ilustrado. As imagens, bastante coloridas, destacam sua importância na construção da narrativa. Trazendo macacos de todas as cores, explora diferentes espaços da floresta.

REFERÊNCIA

CARDOSO, Marlete. Macacos na Teia. Il.: Humberto Soares. Joinville: Areia, 2019.


AUTORES

Imagens