literatura infatil e juvenil de santa catarina

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
magna.art.br

Mãe Gralha em busca da sobrevivência
VOLTAR
RESENHA

Por Viviane de Carvalho
Graduação em Pedagogia e Letras-Espanhol, Pós-Graduação em Práticas Pedagógicas Interdisciplinares em Gestão, Supervisão e Orientação Educacional
Professora dos Anos Iniciais – CA/UFSC.
2015

    Mãe Gralha em busca da sobrevivência, de Aldemir Guimarães, é um livro que completa o ciclo de cinco fábulas produzidas pelo escritor relacionadas com as principais matas brasileiras, retratando a realidade contemporânea de cada uma, por meio de histórias fictícias.

    O livro conta a história de Paulistana, uma jovem gralha azul que nasce e vive por um tempo em uma araucária plantada por seus bisavôs no chão de um bosque, rodeada por prédios na cidade de São Paulo. Após a derrubada desse pinheiro-araucária, ela sentiu que seu futuro ali onde nascera seria muito difícil. Decide, então, aventurar-se em direção ao sul do país. Em sua ida encontra seu companheiro de viagem, Ituano. No caminho para o sul, no Paraná, percebem que a Mata dos Pinhais, que tanto procuravam, estava desaparecendo devido à indústria madeireira. Contudo, resignam-se e continuam a sua jornada em direção à Santa Catarina em busca do lugar desejado, com muitas araucárias. Lá observam a mudança da paisagem e a vegetação mais preservada, o que deixa animados e faz crer que estão no caminho de encontrar a tão sonhada Mata dos Pinhais. No Planalto Catarinense, nos verdes campos de Lages, após uma longa viagem cheia de aventuras e desafios, encontram no sítio de uma família serrana, lugar ideal para iniciar uma nova vida.

   O livro infantojuvenil debate a preservação da natureza e da araucária por meio de uma fábula onde a protagonista é uma Gralha Azul. Informa também sobre o impacto ambiental ocorrido devido à extração de árvores para a construção civil e produção de papel, e também sobre a utilização de pinheiro americano para o reflorestamento na região. 

   Ao final do livro, faz-se uma menção a respeito da tradicional Festa do Pinhão na cidade de Lages (SC), com o depoimento do seu fundador, prefeito da cidade na época: Juarez Furtado.

GUIMARÃES, Aldemir. Mãe Gralha em busca da sobrevivência. Ilustração de Juarez Furtado e Aldemir Guimarães. Rio de Janeiro: Quártica, 2015.


AUTORES

Imagens