literatura infatil e juvenil de santa catarina

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
magna.art.br

O dia em que B apareceu
VOLTAR
RESENHA

Por Elisa Maria Machado Lima
Farmacêutica e Bioquímica UFSC,
Graduanda de Pedagogia UFSC
2020

A escritora e jornalista Milu Leite nasceu na capital do estado de São Paulo, no dia 11 de janeiro de 1962. Vive desde 1999 na capital catarinense, Florianópolis; escreve reportagens para várias revistas e tem contos infantis publicados na Folhinha (Folha de São Paulo) e na revista Nova Escola. Adolescentes, jovens e adultos interessados em escrever histórias encontram em Milu Leite, na oficina literária “Começando com um conto”, o apoio que precisam para se desenvolverem nessa arte. Ela foi finalista do prêmio Jabuti de 2006 com o livro O dia que Felipe sumiu. O dia em que b apareceu é seu segundo livro. Milu Leite demonstra sua versatilidade escrevendo em dois blogs: http://lounge.obviousmag.org/parabolicando/ e palavraetom.blogspot.com

O ilustrador Sergio Magno é um desenhista compulsivo, que enxerga novas formas, movimento, linhas e campo de cor em tudo que olha. É formado em Publicidade pela ESPM. Desenvolve seu talento e sua arte trabalhando como ilustrador e designer gráfico. Tem em seu currículo mais de quinze livros ilustrados e desenvolve campanhas publicitárias e matérias para as revistas Crescer e Veja.

O dia em que b apareceu é uma obra literária de Milu Leite que narra a história de um menino superdotado que vive com sua avó e com Tobias, seu cão de estimação. Bernardo, que prefere ser chamado de b, com letra minúscula e com a tipologia Verdana é um menino que não gosta de sair e tem sua vida mudada após vencer um concurso literário. Momento em que descobre que quem vence sempre perde algo.

O menino b escreve histórias em seu computador e mantém sua janela sempre aberta para que o mundo possa entrar por ela. A janela inspira e preenche a solidão de b com desafios e movimentos que acalentam sua construção literária; movimentos estes que permitem que menino b confronte seus medos e desafios.

Sergio Magno habilidosamente ilustra essa obra com luz e sombra através das cores branco e preto, que são destacados pela cor laranja, que tanto ilumina quanto enaltece a outra dimensão desta história.

REFERÊNCIA

LEITE, Milu. O Dia Em Que b Apareceu. Il.: Sergio Magno. São Paulo: Biruta, 2014.


AUTORES

Imagens