literatura infatil e juvenil de santa catarina

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
magna.art.br

O último em canto
VOLTAR
RESENHA

Por Fabricia Luiz Souza
Graduação em Pedagogia/UFSC
Pós-Graduação em Educação Infantil/UNISUL
Professora de Educação Infantil SME/ PMF
2013

O livro infantojuvenil O último em canto, de Aldemir Guimarães, une os aspectos informativos da Mata Atlântica, toda a flora e fauna brasileira, com o encantamento de uma belíssima história de amor.

Zip-zip, uma cigarra (macho) ainda adolescente, adorava apreciar as belezas da Serra dos Órgãos e encantava-se por cantar no tronco de uma Palmeira, que ficava ao lado de um lindo Ypê de flores bem amarelas. Cantava todos os dias neste tronco até que iniciou um namoro com uma cigarra chamada Zizi.

Iniciaram sua história juntos, encontrando-se todos os dias no tronco da Palmeira. Zip-zip cantava e Zizi aparecia para namorá-lo. Toda a floresta ficava encantada com seu canto apaixonado. Tinham amigos em toda a Mata Atlântica.

Um dia, Zip-zip cantou, cantou, cantou... E sua amada não apareceu. Passou dias cantando no tronco da Palmeira e nada... Até que apareceu uma jovem cigarra e Zip-zip teve algumas surpresas...

GUIMARÃES, Aldemir. O último em canto. Il. Maurício Luterback. Rio de Janeiro: Litteris Ed.: Quártica Premium, 2012. 


AUTORES

Imagens