literatura infatil e juvenil de santa catarina

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
magna.art.br

Os gatos de Copenhague
VOLTAR
RESENHA

Por Marcos Marsuwell Ferreira Garcia
Graduado em Letras pela Universidade Federal de Santa Catarina
2013

Os gatos de Copenhague, de James Joyce, um dos maiores escritores de todos os tempos, com tradução de Dirce Waltrick do Amarante e ilustrações da designer gráfica Michaella Pivetti, é um convite para as crianças começarem a conhecer a obra deste escritor fascinante

James Joyce, depois da estada em Copenhague, fez o livro para seu neto. O livro é uma grande metáfora sobre o desejo do escritor de encontrar gatos no local, mas só encontra peixes; montes de garotos de vermelho, indo e vindo o dia inteiro de bicicletas; e critica os policiais que ficam em suas camas fumando e bebendo. Termina o livro desejando apresentar os gatos e suas sabedorias aos dinamarqueses.

JOYCE, James. Os gatos de Copenhague. Il. Michaella Pivetti: tradução Dirce Waltrick do Amarante. 1. ed. São Paulo: Iluminuras, 2013. 24p.


AUTORES

Imagens