literatura infatil e juvenil de santa catarina

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
magna.art.br

Vivinha para sempre
VOLTAR
RESENHA

Por Marcos Marsuwell Ferreira Garcia
Graduado em Letras pela Universidade Federal de Santa Catarina
2013

Vivinha para sempre, de Elizabete Verônica Tomé é uma narrativa curta. Com uma carga de poeticidade, o livro é organizado em doze páginas, sendo sete com texto e cinco com ilustrações em cores. Além de capa e contracapa, a ilustração é assinada por Astrid Munch. O livro traz a “estória” de Hortênsio, o protagonista, um garotinho que observa um jardim quase sem vida, pois os antigos donos se mudaram e abandonaram as plantinhas, Os outros personagens que participam da aventura são: o Girassol, a Rosa, a Sempre-viva, a Hortênsia e a Grama, sendo que o enredo aborda entrevistas do protagonista com esses personagens.

Este livro foi selecionado entre 670, de escritores de 07 a 65 anos e que moravam em 92 municípios de Santa Catarina, em que cada um contou a sua história. A Comissão Estadual Pró-Criança selecionou as onze melhores, que fazem parte da segunda coleção Pró-Criança Ano 2, iniciativa do Governo do Estado de Santa Catarina.

TOMÉ, Elizabete Verônica. Vivinha para sempre. Il. Astrid Munch. Florianópolis: LADESC. 1986. 


AUTORES

Imagens