literatura infatil e juvenil de santa catarina

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
magna.art.br

Nina Auras
VOLTAR

Por Maria Laura Pozzobon Spengler
Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE/UFSC
2013


Nina Auras nasceu em Florianópolis, em 22 de julho de 1997. Adotada e acolhida pelo amor do casal Edu e Marli, os pais que a incentivaram e possibilitaram, desde muito cedo, o contato com a leitura, a cultura... E, assim, muito pequena, mostrou sua afinidade com os livros e com a escrita.

Hoje, é aluna do Ensino Médio da Escola da Ilha, Florianópolis (SC).

Nina publicou seu primeiro romance aos 14 anos. Perguntada sobre o(s) motivo(s) que a levaram a escrever, a escritora falou que “não sei o que me levou a escrever. Escrevo desde que aprendi como, e criava histórias desde antes. Por exemplo, quando me perguntavam do meu nascimento, eu achava muito sem graça só ter sido adotada; então criava mil mistérios, dizia que tinha um pássaro protetor chamado Fábio, mil estórias. Só que, desde os seis, comecei a colocar no papel”[1].

Além do romance Como Romeu e Julieta (2011), texto para jovens, Nina também publicou poesias avulsas em fanzines.

Questionada sobre a escolha do tema do livro, ela poetiza: “O tema do livro veio ao acaso - a maioria das coisas vêm. Acho que soa mais honesto quando surge. Eu estava numa aula de cinema, e a professora espalhou fotos pela sala. Eu peguei uma que era uma mulher de capote entre dois homens, e uma longa fila de pessoas na neve. A ideia da história me veio de súbito” (entrevista via facebook).

No blog da autora, ela conta como isso aconteceu (vale a pena dar uma espiadela): http://deixooventolevar.blogspot.com.br/2013/01/um-pequeno-parentese.html?m=1

Por ocasião do lançamento do livro, a mãe Marli elaborou um texto, belo e sensível, que entregava aos convidados, contando detalhes sobre Nina e sua paixão pela arte e pela literatura.



 


BIBLIOGRAFIA