literatura infatil e juvenil de santa catarina

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
magna.art.br

Cristiane Dias
VOLTAR

Por Rosilene de Fátima Koscianski da Silveira
Doutora em Educação – PPGE/UFSC
2020

   

A escritora e professora Cristiane Dias nasceu em Brusque, SC, mudando-se ainda criança para Criciúma, cidade onde reside e trabalha atualmente. Em 2001, concluiu sua graduação em Letras, Português, Inglês e Literaturas, pela Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC) e em 2006, o curso de Pós-graduação, em nível de Especialização em Metodologia Modernas pela Faculdade João Bagozzi. É professora da Rede Pública Estadual de Santa Catarina, trabalha com as disciplinas de Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês) e Produção de Textos Literários, com alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio. Como aluna, acadêmica do curso de Letras, Cristiane Dias recebeu, em 2001, o prêmio “Mérito Universitário Catarinense” e com ele a oportunidade de ampliar horizontes, assimilar a relação teoria e prática e viajar para Itália, conhecer Roma, outras culturas e hábitos.

   No percurso de sua atuação docente, Cristiane Dias procura ir além da sala de aula. Ela propõe, desenvolve e participa de alguns projetos educacionais. É coordenadora do Projeto “Conectando Saberes”, do núcleo Criciúma, desde maio de 2019. Neste projeto, além de conhecer os coordenadores dos diversos núcleos de todo do Brasil, ela reúne mais pessoas apaixonadas pela educação, forma parcerias para fazer a diferença entre os professores da região e ainda participa de eventos como “Redes que transformam” e “Conectando Boas Práticas”, sendo que este último tem o objetivo de destacar práticas educativas com impactos positivos na educação.

    Ela propõe e desenvolve projetos escolares que ultrapassam os muros da escola. Refiro-me a Citizen of the word, “Chuva poética”, “E você, o que coleciona?”, “Poesia de manchete”, projetos nos quais alia, de um modo geral, a literatura e a docência. Além de conviver lado-a-lado, ambas ganham corpo, forma e um significado ainda maior em parceria com seus alunos e colegas de profissão.

   O Projeto Citizen of the word: cidadão do mundo, foi desenvolvido com alunos do 9º ano do Ensino Fundamental. Pautou-se no objetivo de “trabalhar a língua inglesa como língua franca, o respeito à diversidade e ampliar o olhar do estudante para o que é ser um cidadão do mundo”. O projeto promoveu o encontro e o diálogo em inglês com o jogador de futebol da Tunísia, Ismail Taghouti que em 2019 atuava em Criciúma (SC), no Esporte Clube Próspera. O projeto “Chuva poética” também foi trabalhado com turmas do 9º ano. Nesta vivência, alguns guarda-chuvas foram pendurados por fios de nylon e neles foram colados poemas impressos e apresentados em forma de gota. Os poemas foram criados pelos próprios alunos. “E você, o que coleciona?” é um projeto que resultou da participação em um concurso promovido pelo Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC) que selecionou histórias de colecionadores do estado. A professora Cristiane Dias coleciona moedas e sua história foi selecionada. A partir desta seleção, ela convidou professores, alunos e pais para mostrarem suas coleções também e, juntos, construíram a Mostra de Coleções da EEB Maria José Hulse Peixoto em Criciúma. 

   O Projeto “Poesia de Manchete” teve como proposta transformar manchetes de jornais em poesia, frases poéticas, pensamentos e instigar os alunos a exercer a autoria. A unidade Escolar em que a professora Cristiane trabalha também pode contar com seu engajamento em projetos sociais, um exemplo foi o projeto “Ações solidárias” que, durante quatro anos, angariou materiais recicláveis. Além de contribuir com a redução de lixo e ajudar o meio ambiente, as doações da comunidade escolar ajudaram no projeto que converte estes materiais recicláveis em cadeiras de rodas por instituições parceiras.

   A sua atuação docente também tem sido reconhecida e premiada. Ela participou do “Prêmio Educador Nota 10” edição 2018, promovido pela Fundação Victor Civita e outros parceiros, que tem como objetivo reconhecer e valorizar professores da Educação Básica, coordenadores pedagógicos e gestores escolares de escolas públicas e privadas de todo o país. Cristiane inscreveu o projeto We speak the same language, desenvolvido com as turmas do 9º ano da EEB Maria José Hulse Peixoto e cujo objetivo maior era “ensinar inglês e ao mesmo tempo combater o preconceito e a intolerância”. (DIAS, 2018, [s.p.]).  Em dezembro de 2018, os 10 vencedores do Prêmio Educador Nota 10 foram agraciados com a Medalha da Ordem Nacional do Mérito Educativo - grau Cavaleiro.

   O “Prêmio Educador nota 10” tem bastante divulgação em diversos veículos de comunicação, local, regional e em âmbito nacional. A Revista Nova Escola é um dos veículos que registra os projetos vencedores, anualmente. Além da divulgação e de compartilhar o prêmio com seus alunos, a escritora-professora não esconde seu contentamento em ser agraciada com o título de Educadora Nota 10/2018 e reconhece: “Este é um momento mágico na vida de um educador que sonha e que luta todos os dias, em suas salas de aulas, para garantir uma educação de qualidade. É mais que um troféu: é o reconhecimento pelo trabalho realizado”. 

   Em 2019, o Projeto “Era uma vez”, iniciativa do grupo Somos Educação e do Portal Docente, contou um pouco da trajetória dos professores brasileiros, Cristiane Dias representou a Região Sul do Brasil, a homenagem culminou com o poema “Era uma vez um professor”, escrito e declamado em ritmo de cordel, pelo poeta Bráulio Bessa.

   Cristiane Dias é uma professora-escritora que tem paixão por escrever. Ela começou o exercício da escrita de forma tímida, guardando tudo o que escrevia até tomar coragem para compartilhar seus textos com outras pessoas. Neste processo, ganhou confiança e coragem, participou de concursos literários como "Poema no ônibus e no trem", “Prêmio VIP de literatura” e prêmio UFFES de Literatura. Nestes concursos foi vencedora e além dos prêmios teve seus textos Profissão: escritor, Paixão pela escrita e As matrioskas publicados em livros, coletâneas e revistas literárias.

   A publicação de As Matrioskas ocorreu em livro, lançado em 2020. Além deste, Cristiane é autora de outros dois livros de ficção: Coisas desinteressantes e outras excentricidades (lançado em 2009) e Ouro Negro(1ª edição em 2010 e 2ª. edição em 2015). Coisas Desinteressantes foi o primeiro livro autoral de Cristiane Dias. Nele, ela colocou “um pouco de tudo” que costuma escrever, transitando por gêneros como o conto, a crônica e o poema. Ouro Negro é uma novela que retrata a vida das mulheres escolhedeiras de carvão que trabalharam nas minas do sul de Santa Catarina. A saga destas guerreiras, que lutaram contra os preconceitos, enfrentaram as dificuldades e acreditaram numa vida melhor, é contada por uma das protagonistas. A fonte (oral) saudosa compartilha generosamente suas lembranças, ela sabe que as rememorações não são apenas suas, mas parte de um legado histórico, memórias de uma cidade e de seu povo.   Cristiane Dias é autora também dos e-books: Em poucas palavras (microcontos) e Chuva poética (organizadora), disponíveis na plataforma Wattpad.

   Cristiane Dias é uma professora-escritora catarinense que acredita no “poder transformador da educação e que para escrever é preciso ler, pois a escrita é uma viagem que não se faz sem bagagem”.

Referências

BESSA, Bráulio. Era uma vez um professor. Disponível em: https://sites.google.com/view/profcristianedias/p%C3%A1gina-inicial/era-uma-vez-um-professor. Aceso em 25 mai. 2020.

DIAS, Cristiane. Aprender: Prof. Cristiane Dias. Disponível em: https://sites.google.com/view/profcristianedias/p%C3%A1gina-inicial?authuser=0. Acesso em: 25 mai. 2020.

DIAS, Cristiane. Ouro Negro. 2. ed. Pará de Minas: Virtual Books, 2015.

DIAS, Cristiane. Coisas Desinteressantes e outras excentricidades. Pará de Minas: Virtual Books, 2009.

DIAS, Cristiane. As matrioskas. Vitória, ES: EDUFES, 2020.


BIBLIOGRAFIA