literatura infatil e juvenil de santa catarina

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
magna.art.br

Maria Filomena Souza Espíndola
VOLTAR

Por Eliane Debus
Professora MEN/CED/UFSC
2013

Maria Filomena Souza Espíndola nasceu na cidade de Grão-Pará (SC), em 1941. É licenciada em Letras pela FESSC/UNISUL (1974), Especialista em Língua Portuguesa pela UNISUL (1984) e Mestre em Literatura Brasileira, pela UFSC (1981), com a dissertação “O trágico na ficção de Flávio José Cardozo”, na qual realiza uma abordagem analítico-reflexiva do universo ficcional deste escritor catarinense.

Dona Mariazinha, como carinhosamente é chamada pelos que a conhecem, exerceu o magistério durante cinquenta anos. Professora da Rede Estadual de Ensino e também da Rede Particular (Colégio Santa Rosa – Lages; Colégio São José e Colégio Dehon – Tubarão), atuou também como docente no Curso de Letras e em Cursos de Pós-Graduação da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Na década de 1990, integrou a comissão de elaboração do projeto de criação do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem da UNISUL.

Maria Filomena, além de uma produção literária que abrange poemas e contos, tem artigos publicados em Revistas indexadas e sua produção para o público infantiljuvenil Palavras Contadas: Memória da Cultura Oral do Povo de Tubarão (2006) se deu em parceria com a professora Jussara Bittencourt de Sá.


BIBLIOGRAFIA

  • Palavras contadas: memórias da cultura oral do povo de Tubarão Editora: Copiart Visualizar Resenha