literatura infatil e juvenil de santa catarina

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
magna.art.br

Iêde Cardoso Santos
VOLTAR

Por Rosilene F. Koscianski da Silveira
Mestre em Educação/UNESC
Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação – PPGE/UFSC

Bolsista do Programa de Apoio à Manutenção e ao Desenvolvimento da Educação Superior– FUMDES
2013

Iêde Cardoso dos Santos nasceu na Vila São José, Içara - SC, em 18 de maio de 1949, e continuou residindo nesta mesma cidade, localizada ao sul de Santa Catarina. Concluiu o Curso Normal em 1967, no Colégio Madre Teresa Michel em Criciúma – SC. Dedicou vinte e seis anos de sua vida ao magistério, trabalhando com as séries iniciais da Educação Básica. Hoje é professora aposentada.


A autora revela que seu gosto pela literatura vem de longa data. Exercitou bastante a leitura literária com seus alunos em sala de aula e quando atuou como bibliotecária em uma escola do município. Essa função lhe permitia ficar mais próxima dos livros. Iniciou a carreira de escritora com a crônica A Lagoa do Jacaré. Essa escolha não se deu por acaso, mas em função do seu anseio em valorizar os elementos da cultura local por meio das suas narrativas. Sua entrada no campo da literatura infantil se fez com A Gerarda do Biso, livro publicado em 2010. Seu segundo livro, O Bicho-papão não é mais aquele, foi lançado em 2012, e, agora, Iêde prepara sua terceira obra que deve chamar-se Adolescer nos anos 60. Esse último, que deve ser apresentado ao público ainda em 2013, possui caráter autobiográfico e procura estabelecer um diálogo com adolescentes, propondo-se a mostrar fatos vivenciados em outros tempos e compará-los à realidade dos dias atuais.

Iêde Cardoso dos Santos ocupa a cadeira número doze da Academia Içarence de Letras e Artes – AILA. Além de sua produção e publicação, a escritora vai às escolas contar suas histórias e divulgar seus livros e tem participado de eventos que promovem a cultura literária da região, em especial as feiras de livros. 


BIBLIOGRAFIA