literatura infatil e juvenil de santa catarina

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
magna.art.br

Sandra Meyer Silvestre
VOLTAR

Por Rosilene F. Koscianski da Silveira
Mestre em Educação/UNESC
Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE/UFSC
Bolsista do Programa de Apoio à Manutenção e ao Desenvolvimento da Educação Superior– FUMDES
2013

A escritora Sandra Meyer Silvestre é natural de Porto Alegre/RS e residente em Criciúma, sul de Santa Catarina, desde 1989. Sua formação acadêmica teve início com a Licenciatura em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS e foi ampliada com o Curso de História Americana pelo Phoenix College, no Arizona, USA; com a especialização em Administração Escolar, também pela UFRGS, e em História do Brasil pela Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC. Sandra optou por fazer, ainda, uma segunda graduação e escolheu Literatura em Língua Portuguesa, cursando-a no Centro de Atendimento à Literatura e Língua Portuguesa – CALLP – em Criciúma-SC.


Sandra Meyer Silvestre participou de algumas coletâneas literárias. A primeira delas, intitulada Poetas em alto mar, foi publicada em 1992, pela editora Alcance, de Porto Alegre; depois Onze Faces do Poema, em Callp, 1999; Lambada da Academia Orleanense de Letras, 2000; Revista do Palco Habitasul, 2001; Cem Poemas do CALLP, 2001; e Lápis de Vento na Coleção Caderno de Autoria, v.23, SESC, 2009. A autora escreve poemas para a Revista da Academia Criciumense de Letras desde 1999 e para Agendas da Tribo, deSão Paulo, desde 2001. Publica, semanalmente, os seus contos e crônicas em A Tribuna, jornal com circulação diária na cidade onde reside.

Sandra Silvestre tem um expressivo envolvimento e interesse pela literatura. Além de sua produção e publicação, a escritora está coordenando o concurso literário, promovido pela Academia Criciumense de Letras, e participa na organização de outros eventos que promovem a cultura literária da região, em especial as feiras do livro. A Feira do Livro de Criciúma chega, em 2013, a sua 8ª edição e, iniciando evento similar pelos bairros da cidade, com o propósito de propagar a leitura literária. Na 5ª edição da Feira do Livro de Criciúma, em 2010, Sandra lançou sua primeira obra infantil intitulada Gatinhos travessos em versos. O reconhecimento como escritora lhe conferiu a cadeira número três da Academia Criciumense de Letras, da qual tem participado ativamente em sua diretoria desde 2005, momento que presidiu a entidade.


BIBLIOGRAFIA