literatura infatil e juvenil de santa catarina

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
magna.art.br

Léo Vitor
VOLTAR

por Eliane Debus
Professora MEN/PPGE/CED –UFSC
2012

Léo Vitor nasceu em Florianópolis, em 1926.  Na década de 1940 foi residir no Rio de Janeiro onde atuou em diferentes frentes culturais. Formado em jornalismo exerceu a função de gráfico e foi um dos diretores na Editora Fon-Fon. Com fortes interesses pela dramaturgia, adaptou paar o teatro O Idiota, de Dostoievski e publicou a peça A máquina da felicidade, premiada pelo teatro da Academia Brasileira de Letras, em 1953. 

Proprietário da Lia, Editor S.A. publicou na década de 1970, por este selo, vários livros  para o público infanto-juvenil. 

Em parceria com a escritora e jornalista  Paula Saldanha criou a Coleção intitulada “Aventuras de Zé Lambão” com narrativas centralizadas na personagem que dá título a coleção. Suas aventuras ocorrem em Pastos Bons, onde mora com a família, com seus amigos Chico Tolo, Bia, Mina e o Araquém, apresentados nos livros O Circo - a chegada; O Circo - os preparativos e O Tiro de Sal.  

Em A Surpresa do Natal, Ei Touro!, O Avô, o Dick e o Chico Paixão, Zé Lambão vive suas aventuras na praia, no sítio do Touro Veludo, casa do avô, junto com os avós, o tio Pedro e suas duas filhas, Lalá e Lili, seu Chico e seu Bento, a Ambrosina e a Minervina, criadas da casa. As personagens são permanentes em ambas as séries e apresentadas na contracapa do livro com todas as suas características.

Na coleção “Fábulas”, as narrativas giram em torno de personagens animais: O jacaré Eufratis I, O Jacaré Eufratis II, O Girassol Solsol, O Macaco Inventor, O Ser Evoluído. A moral é às avessas, como em O Macaco Inventor que, devido a sua teimosia, cria o mundo.

Na coleção “Humor” publica: Amor de mãe é..., O Amor é... e O Natal é... . As narrativas trazem de forma bem humorada os pontos positivos e negativos de ser mãe, do amor e do Natal.

Leo Vitor morreu em 1974 na cidade do Rio de Janeiro. 


BIBLIOGRAFIA