literatura infatil e juvenil de santa catarina

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
magna.art.br

A casa de lata quadrada
VOLTAR
RESENHA

Por Eliane Debus
Professora MEN/CED UFSC
2020

A casa de lata quadrada é o livro de estreia da tubaronense Edla Zim no universo literário de publicações para infância. Publicado em 2019 pela chancela da editora Copiart, a narrativa se desenrola conjuntamente com as ilustrações em aquarela de Yris Tanaka.

A narrativa gira em torno da sedução dos pais da menina Catarina para que ela se identifique com a “casa de lata quadrada, verde e com pés de palito” ( ZIM, 2019, s.p). Uma casa feita de container, pintada de verde e Cercada da natureza.

A aproximação afetiva se constrói lentamente ao longo do tempo, entre visitas esparsas a casa que está à venda, por meio da aproximação com a natureza, descrevendo o ambiente da serra catarinense, em particular a “Pedra furada”, em Urubici, ponto turístico da região, os pássaros – a gralha azul, a neve entre outros.

Ao final da narrativa, o leitor tem a fotografia da casa verde com a legenda de sua localização “Morro da Igreja – Urubici, SC”, contribuído para a veracidade do relato no que até então estava somente no plano da ficção “Uma casa de lata quadrada, verde e com pés de palito” (ZIM, 2019, s.p).

A leitura se alarga e a casa de lata ficcional se torna um lar concreto, recheada de aventuras.

REFERÊNCIA

ZIM, Edla. A casa de lata quadrada. Il.: Yris Tanaka. Tubarão: Copiart, 2019.


AUTORES

Imagens