literatura infatil e juvenil de santa catarina

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
magna.art.br

As Aventuras de Boca Doce
VOLTAR
RESENHA

por Maria Laura Pozzobon Spengler
Doutoranda em Educação – PPGE/UFSC
2012

O livro As aventuras de Boca Doce, de Nilson Mello, é composto por nove contos que trazem como personagens principais os irmãos formigas: formiguinha Boca-Doce e seu irmão Bico-Doce. Cada conto se interliga pela presença dessas personagens principais quando se encontram, em cada uma das histórias, com outros personagens, animais ou objetos que criam vida e adquirem características humanas: macaco, sapo, rosa, vaga-lumes, espelhos, leão...

Mantendo padrão de fábulas, os contos trazem como principal característica um final que direciona o leitor a um ensinamento de convivência... sobre o amor, a compreensão... sobre a esperança, a solidão e a religião. O autor introduz seus contos a partir de uma conversa direta com o leitor; como se estivesse contando, oralmente, a história a algum “amiguinho leitor”, colocando-se na posição de ter realmente feito parte do que é narrado. Cada uma das histórias busca resolver um conflito, cujo tema gira em torno do bem o do mal.

As histórias se constroem a partir de uma viagem dos irmãos a lugares diferentes. O autor nomeia os lugares visitados, remetendo-os a um espaço onírico: Reino encantado dos sonhos; Sítio-da-esperança; Mundo do faz-de-contas.

Cada um dos contos é inaugurado por uma ilustração de Domingos Fossari, que, compostas em preto e branco, ocupam a página anterior ao início do conto e pontuam os personagens e o tema principal que farão parte da história contada.


MELLO, Nilson. As Aventuras de Boca Doce: contos infantis. Il. Domingo Fossari. Florianópolis: IOESC, 1985. 36 p. 


AUTORES

Imagens