literatura infatil e juvenil de santa catarina

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
magna.art.br

Contra feitiço, feitiço e meio
VOLTAR
RESENHA

por Thamirys Frigo Furtado
Bolsista Pró-Extensão – UFSC
Acadêmica do curso de Pedagogia UFSC
Formanda 2012.1
2012

O livro Contra feitiço, feitiço e meio (2006), de Eloí Elisabet Bocheco, é o segundo da série envolvendo as aventuras da bruxinha Elisa. Mais uma vez, a história da bruxinha Elisa, com as ilustrações feitas por Mari Ines Piekas, encanta o leitor pelo texto lúdico, que valoriza a cooperação entre amigos na conquista de objetivos.

A bruxinha Elisa volta em uma nova história para ajudar sua amiga, a aranha Tita, a organizar uma exposição de tapetes sobre a árvore mais frondosa da mata. Depois da tão difícil tarefa de escolher os tapetes e colocá-los na árvore, Elisa e Tita foram convidar pessoas e bichos para festejarem as mágicas feitas pela aranha com os fios. Foi então que apareceu Alcina, uma bruxa que não gostava de barulho, nem de festa, tornava a graça em desgraça. A partir daí, a bruxinha Elisa começa mais uma aventura, recorrendo a seu baú colorido para ajudar sua amiga Tita. Mas Elisa não trabalha sozinha, tem a colaboração dos bichos da mata que tornam desgraça em graça.


BOCHECO, Eloí Elisabet. Contra feitiço, feitiço e meio. Il. Mari Ines Piekas. São Paulo: Paulinas, 2006.


AUTORES

Imagens