literatura infatil e juvenil de santa catarina

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
magna.art.br

No tempo da bolacha Maria
VOLTAR
RESENHA

Por Fabricia Luiz Souza
Graduação em Pedagogia/UFSC
Pós-Graduação em Educação Infantil/UNISUL
Professora de Educação Infantil SME/ PMF
2013

No livro No tempo da bolacha Maria, Urda Alice escreve crônicas de seu tempo de infância e adolescência, contando suas aventuras a partir de pequenos fatos do cotidiano. Em 18 crônicas, a autora leva o leitor a deliciar-se com uma viagem no tempo ao Vale do Itajaí.

No conjunto de crônicas, conhecemos as aventuras dos tempos da estrada de ferro e as viagens de trem; as visitas à casa dos avós e as delícias de cheiros e gostos que lembram a infância; as culturas religiosas: as páscoas, as missas, as novenas; as férias e as brincadeiras com primos e primas; as comidas: bolacha-maria, frutas colhidas no pé; tempos de amores, rádio, TV, de medos, de mitos, de fatos históricos que marcaram os momentos de sua história e também do país.

Urda nos faz viajar por sua história de vida, seus encantamentos de descoberta do mundo e das lembranças de um tempo cheio de características marcantes. Crônicas de conhecer e também de relembrar!

KLUEGER, Urda A. No tempo da bolacha Maria. 4. ed. Blumenau: Hemisfério Sul, 2009.


AUTORES

Imagens