literatura infatil e juvenil de santa catarina

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
magna.art.br

Palito cabeça de TV
VOLTAR
RESENHA

Por Eliane Debus
Professora MEN/PPGE/CED/UFSC
2013

O livro Palito cabeça de TV, de Sérgio José Meurer foi um dos classificados no “Concurso de histórias para a infância catarinense”, coordenado pela Fundação Catarinense de Cultura da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo e promovido pela Liga de Apoio ao Desenvolvimento Social Catarinense (LADESC), no ano de 1985, e publicado em 1986, na Coleção Pró-criança, Ano 2, exemplar 27.

O protagonista de Palito cabeça de TV é um menino esperto e criativo que, de tão magrinho, recebeu o apelido de Palito. Ele adora brincar toda tarde com seus grandes amigos Totó, um cachorro; Ligeirinha, uma pipa; e Redonda, a bola de couro. No entanto, essa relação é quebrada quando o menino fica mais na frente da TV do que com seus amigos e vira um menino compra-tudo, influenciado pelos comerciais da televisão. Os três amigos resolvem ir embora, e é na busca pelos amigos que o menino reencontra a criatividade para os brinquedos e brincadeiras.

A narrativa não descarta completamente a televisão da vida do menino, mas ele anuncia que, a partir daquele dia, seu tempo será dividido: um pouquinho de TV e um pouco com seus amigos.

Vale destacar que o exemplar lido tem páginas trocadas o que acaba por dificultar o entendimento da sequência da narrativa, exigindo uma atenção maior do leitor.

MEURER, Sérgio José. Palito cabeça de TV. Florianópolis: LADESC, 1986.


AUTORES

Imagens