literatura infatil e juvenil de santa catarina

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
magna.art.br

O Natal do Pastorzinho
VOLTAR
RESENHA

por Sabrina Francisco
Bolsista voluntária – Acadêmica do Curso de Pedagogia (UFSC)
2012

No livro O Natal do pastorzinho, Maria de Lourdes (Ramos) Krieger narra, de forma singela, pelo olhar de Izaac, o nascimento do menino Jesus. Izaac, um menino de nove anos que pastoreia ovelhas, é apresentado por por meio de suas características físicas e psicológicas, fazendo surgirem relatos dos seus afazeres cotidianos junto às ovelhas e do seu cachorro Negro.  

Certa noite, no jantar, Izaac ouviu uma conversa entre seus pais de que em toda a cidade de Belém os imóveis estavam locados, não havia alojamento em nenhuma estância e havia chegado um casal muito simples, que necessitava de um lugar para descansar, já que a mulher estava grávida. Como não conseguiram local para hospedagem, passaram a noite em uma gruta, na companhia dos animais.  

Naquela noite, Izaac ficou pensando em tudo o que havia escutado da conversa dos pais. No dia seguinte, assim que guardou as ovelhas, foi até a gruta. O pastorzinho ficou na porta da gruta, e viu o homem e a mulher conversando. Izac ficou admirado com a beleza da mulher, e, assim que ela levantou a cabeça e olhou na sua direção e sorriu, ele sentiu um calor por dentro, e fugiu. 

No entanto, o menino ficou preocupado e retornou à gruta na madrugada. No caminho, além do cheiro das flores que sentia, de uma alegria que o contagiava, encontrou uma grande estrela de cauda, que brilhava de forma especial e apontava para a gruta. Na gruta, o casal agasalhava o recém-nascido: nascia um menino especial em Belém.


KRIEGER, Maria de Lourdes R. O Natal do pastorzinho. Il. Jandira Lorenz. Florianópolis: Lunardelli, s.d.


AUTORES

Imagens